7 ideias para atualizar a definição de digital

Já faz tempo que não faz sentido separar ideias em on/off. A maioria dos grandes cases atuais passa pelo digital, seja de forma nativa, ou como mídia para aumentar a exposição. E as redes sociais têm um grande papel nisso. Por isso, selecionamos 7 ideias que ajudaram a redefinir a forma como agências e anunciantes entendem este meio, passando por Facebook, Instagram, Snapchat, assistentes pessoais e VR.

Sonic – #SquareShakes

Cada rede social tem suas particularidades, limita√ß√Ķes e momentos de uso. Com o Instagram n√£o √© diferente. E a Sonic, um drive-in norte-americano, criou novos produtos pensados especificamente para serem fotografados e postados na rede social, com uma execu√ß√£o incr√≠vel em todos os detalhes. Personalidades do Instagram foram chamadas para criar milk-shakes quadrados, e os clientes podiam fazer o pedido sem precisar sair do app.

American Express – The voice surprise

Dados oficiais do próprio Facebook mostram que 90% das pessoas assistem aos vídeos com o áudio desligado enquanto estão na rede. A American Express se aproveitou desta informação para esconder uma promoção no áudio de um dos seus vídeos. Se deu bem quem assistiu com o som ligado.

The Academic – Bear Claws Live Looper

N√£o √© f√°cil para uma banda se destacar logo no lan√ßamento do seu primeiro √°lbum. √Č preciso muita criatividade para n√£o passar despercebido, e foi o que a The Academic fez. Usando o delay natural das lives do Facebook, criaram uma nova forma de executar o seu primeiro single. Vale o play.

Amazon Echo – Echo Scape

Os assistentes virtuais são cada vez mais uma realidade na vida das pessoas. Mas pode ser um tanto difícil explicar o que um assistente realmente pode fazer para aqueles que ainda não estão familiarizados com a tecnologia. Para resolver isso, a Amazon Echo criou um Escape Game dentro da Comic Con, onde os participantes precisavam pedir a ajuda da Alexa para escapar da situação.

Burger King – Home of Whopper

O Grand Prix de Direct no Cannes Lions 2017 pertence ao Burger King. A marca usou um filme de 15″ veiculado na TV para ativar o assistente pessoal das pessoas e pedir mais informa√ß√Ķes sobre o seu principal sandu√≠che. Uma abordagem que s√≥ uma marca com a bagagem de Burger King poderia trazer. Invasivo na medida certa (se √© que isso √© poss√≠vel).

U Supermarket – Fresh Stories

Você sabe de onde vem a sua comida? Qual a procedência, e quando ela chegou ao supermercado? A rede de supermercados francesa U provou que seus peixes são sempre frescos usando o Snapchat. Desde a pesca até a exposição na geladeira, todo o processo era registrado por funcionários usando o Spectacles, o óculos do Snapchat. Como os vídeos ficam disponíveis por apenas 24 horas, você tinha certeza de que aqueles produtos estavam frescos.

Hermes Pardini – VR Vaccine

As marcas ainda estão engatinhando no uso da realidade virtual, mas a clínica de medicina Hermes Pardini já tem um case que é referência na categoria. Usando storytelling, encontraram uma forma de encantar as crianças em um momento tão difícil como a hora de tomar vacina.

Quer mais conte√ļdo sobre digital?

Não esqueça de conferir o nosso post Hackeando o Youtube, com 5 ideias de pre-roll que ninguém quer pular.